Entenda a influência do design comportamental nas embalagens

Entenda a influência do design comportamental nas embalagens

Uma embalagem bem desenvolvida é capaz de influenciar no comportamento do consumidor, sendo um ponto importante na hora de fazer com que ele opte pelo seu produto no lugar da mercadoria oferecida pelo concorrente.

Neste texto, vamos falar sobre a influência do design comportamental nas embalagens e como ele pode afetar as decisões de compra das pessoas. Boa leitura!

O que é design comportamental?

Você já ouviu falar em design comportamental? Essa estratégia define uma abordagem que combina conceitos de psicologia, economia comportamental e design, como o próprio nome sugere, para influenciar comportamentos humanos de forma favorável.

A tática é baseada principalmente na compreensão de como as pessoas tomam decisões e, para que o propósito principal surta efeito, utiliza estratégias visuais e de comunicação para influenciar esse juízo de valor de forma positiva. 

Em suma, o objetivo principal do design comportamental é criar um ambiente que facilite e impulsione o comportamento desejado pela empresa, que pode ser desde a aquisição de um produto, a adesão a um serviço até a adoção de um comportamento específico. Uma espécie de design de experiência do usuário.

Fatores que influenciam o comportamento do consumidor

Antes de explorar a aplicação do design comportamental nas embalagens e a importância delas em um negócio, vamos trazer exemplos de fatores psicológicos que influenciam o comportamento do consumidor. Listamos cinco deles abaixo!

  1. Estética

As pessoas são naturalmente atraídas por coisas visualmente agradáveis, belas e harmoniosas. Por isso, desenvolver um design de embalagem atraente, que cumpra esses requisitos, eleva as chances de despertar o interesse e a curiosidade do consumidor.

  1. Percepção de valor

O preço e a qualidade percebida de um produto desempenham papel relevante nas decisões de compra. Mas o preço pode deixar de ser um empecilho ao consumidor quando perceber que o design da embalagem comunica a qualidade do produto e justifica o preço definido para o item.

  1. Funcionalidade

Todo mundo ama praticidade e funcionalidade. Por isso, embalagens com essas características podem facilitar a experiência do consumidor, tornando o produto mais desejável. Ninguém quer passar horas tentando compreender, por exemplo, como abrir uma caixa.

  1. Emoção

Não dá para falar de design comportamental sem mencionar elas, as emoções. Nós, seres humanos, somos movidos por emoções que desempenham papel significativo nas decisões de compra. 

Uma embalagem que evoca sentimentos positivos cria uma conexão emocional com o consumidor e aumenta as chances de conversão.

  1. Sustentabilidade

Por fim, outro fator que influencia a decisão de compra do consumidor é a preocupação com o meio ambiente. Cada vez mais, as pessoas estão preocupadas com questões ambientais. 

Portanto, embalagens que transmitam valores sustentáveis podem atrair compradores conscientes — mas só vale aplicá-las se essa for uma pauta realmente relevante ao seu negócio!

A preocupação ambiental é um fator que influencia a decisão de compra do consumidor.

Importância das embalagens

Nesse sentido, as embalagens se tornam indispensáveis quando o assunto é planejar uma estratégia de design comportamental eficaz e aplicar todos os fatores que você acabou de conferir e que influenciam, sim, na decisão de compra do usuário.

Isso porque, na hora de lançar um novo produto e expô-lo nas prateleiras, assim como enviá-lo até o consumidor, as embalagens têm como missão não apenas proteger e acomodar os itens, mas também servir como uma poderosa ferramenta de marketing e comunicação visual.

Hoje em dia, mais do que nunca, elas desempenham papel crucial no sucesso de um produto no mercado: preservam o item durante o transporte e armazenamento e são a primeira interação física que os consumidores têm com o produto. Por isso, podem ser um canal para atrair a atenção, comunicar a proposta de valor do produto e criar uma conexão emocional com o cliente.

Não por acaso, houve um crescente interesse na aplicação do design comportamental em caixas nos últimos anos. Tudo isso com o objetivo de influenciar o comportamento das pessoas de maneira sutil, mas categórica.

Porém, vale lembrar que essa finalidade só é possível se o empreendedor souber aproveitar ao máximo o potencial das embalagens para influenciar positivamente as decisões de compra.

As embalagens são uma poderosa ferramenta de marketing e comunicação visual.

Aplicação do design comportamental nas embalagens

Mas afinal, como aplicar o design comportamental nas embalagens e conquistar o poder de escolha do consumidor? Algumas estratégias que podem colaborar com essa missão incluem os elementos que trataremos a seguir.

Cores e formas atraentes

A pesquisa "Unconscious Emotional Effects of Packaging Design Elements", publicada no ResearchGate, investigou os efeitos emocionais inconscientes do design de embalagens a fim de compreender como os elementos visuais e estéticos podem influenciar as emoções dos consumidores, mesmo que eles não estejam cientes disso de forma consciente.

Para isso, defendeu-se a tese de que os elementos de design, como cores, formas, tipografia e imagens, podem transmitir mensagens subconscientes que afetam a percepção e a resposta emocional das pessoas.

Por meio de métodos experimentais, incluindo a exposição dos participantes a diferentes embalagens  e a medição de suas respostas emocionais por meio de questionários e medidas fisiológicas como atividade elétrica da pele, na qual são avaliadas as mudanças na condutividade elétrica em resposta a estímulos emocionais, estresse ou excitação, concluiu-se que as respostas emocionais são capturadas tanto por autorrelato quanto por medidas fisiológicas. 

Enquanto as cores e os tipos de letra (simples vs. ornamentadas) geram respostas emocionais que só podem ser apanhadas por medidas de autorrelato, as imagens evocam tanto respostas emocionais conscientes quanto subconscientes.

Sendo assim, ao utilizar cores vibrantes e formas interessantes, não tenha dúvidas de que você vai chamar a atenção de alguém e destacar o produto na prateleira da forma que ele merece. 

Além disso, as cores podem evocar emoções específicas, como o vermelho, que tende a estimular o apetite, ou o azul, para transmitir calma e confiança. Tudo vai depender do seu nicho e do público-alvo.

Criação de uma história

Uma narrativa bem elaborada e repleta de sentimentos tem o poder de envolver emocionalmente os consumidores. Isso pode ser alcançado por meio de ilustrações, fotografias ou textos que transmitem uma mensagem ou um conceito específico relacionado ao produto.

Inclusão de elementos interativos

A tecnologia evoluiu ao ponto de proporcionar embalagens que permitem alguma forma de interação física ou sensorial e, com isso, criam uma experiência memorável ao consumidor. Por exemplo, uma caixa que emite um som ou tem uma textura única pode despertar o interesse e estimular a curiosidade.

Apelo à sustentabilidade

Embalagens eco-friendly ou que comuniquem os esforços da empresa para reduzir o desgaste ambiental podem atrair consumidores envolvidos com a pauta da sustentabilidade, e são mais uma forma de aplicar o design comportamental em caixas. 

Isso pode ser feito por meio do uso de materiais recicláveis, rótulos sobre o impacto ambiental ou mensagens que incentivem o descarte correto da embalagem.

Informações importantes

Nome do produto, benefícios-chave e atributos únicos são informações essenciais e merecem destaque. Posicionar esses dados de forma compreensível e visível pode influenciar, também, na percepção do consumidor sobre o valor do produto de perto, mas também de longe.

A aplicação do design comportamental nas embalagens é positiva e pode ser feita de diferentes formas.

Benefícios do design comportamental às embalagens

Ao aplicar o design comportamental nas embalagens é possível garantir uma série de benefícios tanto para as empresas quanto para os consumidores. 

Embalagens atrativas e persuasivas aumentam as vendas, uma vez que capturam a atenção dos consumidores e influenciam positivamente suas decisões de compra. 

Ao mesmo tempo, elas melhoram a percepção da marca, ajudando a criar uma imagem positiva e duradoura na mente das pessoas. Com isso, fortalecem o sentimento de fidelidade do consumidor, já que criam uma conexão emocional que os torna leais à marca, incentivando novas aquisições e gerando recomendações boca a boca.

Em um mercado cada vez mais saturado, o design comportamental é ainda uma maneira de diferenciar um produto da concorrência por meio de embalagens inovadoras e criativas, que se destacam nas prateleiras e atraem a atenção dos compradores.

Como já comentamos, uma embalagem eco-friendly pode resultar no aumento da conscientização ambiental, promover sustentabilidade e contribuir para que os consumidores sejam propulsores de mudanças positivas e que influenciam a natureza.

Como você pôde notar neste conteúdo, o design comportamental desempenha um papel extremamente importante sobre o comportamento dos consumidores quando aplicado às embalagens, o que pode ser feito de diversas maneiras e apresenta uma gama de benefícios. 

Ao compreender toda essa estratégia, as empresas podem criar embalagens atrativas, persuasivas e impactantes e unir o útil ao agradável: aumentar as vendas e proporcionar uma experiência positiva aos clientes. 

Para os próximos anos, à medida que a consciência sobre a importância do design comportamental nas embalagens aumenta, é esperado que mais empresas invistam nessa abordagem para obter vantagens competitivas no mercado.

Que tal sair na frente e começar a planejar a embalagem do seu próximo lançamento? Para isso, conte com a Smurfit Kappa Brasil. Clique no banner abaixo e conheça mais sobre nós, assim como nossa loja virtual e as possibilidades de embalagens que oferecemos!



Search engine powered by ElasticSuite